[PT] O final de tarde estava luzidio e aproveitámos para dar uma volta pelo centro de Tromso.

[EN] The end of the day was shinny and we spent some time going around Tromso.

P5120259.JPGP5120262.JPG

[PT] Arctic Cathedral

[EN] Catedral do Ártico

P5140282.JPG

[PT] Museu e aquário Polaria

[EN] Polaria Museum and aquarium

P5140271.JPG

P5140273.JPG
Helmer Hansen – Norwegian explorer/ Explorador Norueguês

P5140278.JPG

[PT] Baleia Tavaha, construída com sedimentos marinhos e pneus velhos para mostrar que o plástico não desaparece facilmente mesmo quando exposto à chuva, neve, vento e sol, que o plástico pode ser reutilizado até dez vezes antes de perder as suas propriedades. Que devemos evitar usar plástico desnecessariamente e reutilizar aquele que já temos.

[EN] Tavaha whale, built with marine sedimentation and old tires to show that the plastic will not disappear even if it is exposed to rain, snow, wind and sun, to show people that plastic is a resource, not garbage, that it can be reused up to ten times before it loses its properties. “That we must avoid unnecessary plastic use and reuse what we already have.”

P5140277.JPG

[PT] Acabámos o dia a dormir num convento de irmãs Carmelitas de clausura. Por de trás das grades de madeira uma delas contava-nos que um dia alguém lhes quis oferecer televisão por satélite, mas elas não sentem necessidade nem de rádio nem de televisão e perante a insistência da tal pessoa elas sugeriram: “Se querem tanto oferecer-nos isso, em troca nós podemos aceitar a imagem da nossa Senhora de Fátima”. Assim, eles ter-se-ão deslocado a Portugal e adquirido uma enorme imagem da Senhora de Fátima que hoje tem lugar especial no seu convento. Mais uma vez sentimo-nos bem, afinal o nome de Portugal não chega aqui ao norte da Noruega apenas através do futebol ou do bacalhau.

Um grande obrigado pela forma como fomos recebidos, ficamos convosco no coração!

[EN] We ended up staying in a monastery of Carmel Sisters. These sisters were in closure, meaning that we would speak to them with some wooden bars between us. One of the sisters told us that one day someone wanted to offer them a sattelite tv but they don’t feel the need to have it so, and since the person wanted so much to give them, they suggested: “If you want so much to offer us that, we ask for an image of Our Lady of Fatima instead”. After that, that person went to Fatima, in Portugal, and got a big image of Our Lady of Fatima for the sisters, that is still in the monastery today. Once again, we feel good that Portugal does not get here only through football and bacalhau.

Thank you so much to the sisters for welcoming us with such kindness, we keep you in our hearts!

P5140266.JPG

[PT] Na Noruega encontrar um sitio barato é como achar uma agulha num palheiro, mas é permitido e seguro acampar em qualquer lado desde que não seja privado ou campo de cultivo e a menos de 150m de qualquer habitação (alguns locais permitem que se acampe no jardim deles se lhes for pedido). Claro que nós fazemo-lo sempre que podemos, o único problema é que a tenda não tem persianas e está sempre de dia, nem dá para recarregar pilhas, nem para actualizar o blog, nem temos wc com chão aquecido, nem dá para lavar ou secar as meias e a única divisão quente da tenda é dentro do saco cama…enfim, até que não é mau se não estiver a chover na hora de ir embora…

[EN] Finding a cheap place to stay in Norway is like looking for a needle in a haystack but it is allowed and safe to camp anywhere for one night, as long as it is uncultivated land and 150m distance from houses (some locals allow you to camp in their gardens if you ask them). Of course we do this everytime we can, the only problem is that our tent does not have courtains so it is basically light all night, we can’t recharge our batteries, update the blog, we don’t have wc with heated floors and we can’t wash or dry or dirty socks, basically the only warm place is inside the sleeping bag… oh well, it is not that bad as long as it doesn’t rain when it is time to leave…

P5080041.JPG

[PT] É final de dia de sábado e começamos a procurar um local agradável para acampar. Lá ao longe conseguimos ver do lado esquerdo algumas casas de madeira pintadas de vermelho junto à água. Inacreditavelmente vimos uma mulher a cuidar da sua estufa, para trás estende-se um campo plano até à agua do fiorde, decidimos perguntar se podemos acampar, se vier de lá um sim, podemos sempre pedir para recarregar as pilhas do GPS e quiçá ser-nos oferecido um merecido café quente… mal fizemos a pergunta veio-nos de lá a resposta bem fria e direta: “nei, nei, nei!”… fizemos meia volta e sentimo-nos como cachorro abandonado! O nosso track desembocou mais uma vez onde a terra acaba, em frente temos um cais onde vinte e cinco minutos depois aparece um velho ferry.

Dizemos adeus às Lofoten. Hoje andámos mais de cem quilómetros outra vez. Desembarcamos em Melbu já tarde mas sempre de dia.

[EN] It is saturday and end of the day and we start to look for a nice place to set up our tent. Not so far from us we can see some wooden houses painted in red close by the water. There was no one around except for a women working on her greenhouse and, behind the house, a flat and green land that would end on the water of the fiord, so we decided to ask her if it was okay for us to put up our tent. If she said yes we could charge our gps’ batteries and maybe she will even offer us a warm coffee cup… as soon as we asked the question we got a cold answer straight away: “nei, nei, nei!… we turned around like abandoned puppies and left! We kept following our track that lead us to a port, after twenty five minutes the old ferry showed up.

We say goodbye to the Lofoten from the boat. Today, again, we cycled more than 100 km. The ferry left us in Melbu, it was late but there was still light.

P5100206.JPGP5100210.JPG

[PT] Não andamos mais de oitocentos metros e vimos no jardim da parte de trás de uma casa duas senhoras e três jovens, estavam sentados junto a uma mesa com refrigerantes e tinham lenha a arder num pequeno barbecue no chão. Ao passarmos sorriem e acenamos, decidimos perguntar se sabem de algum local não muito caro para dormirmos, no meio de um aberto sorriso aquela que seria a dona da casa diz: “Aqui não há nada barato! Têm tenda?”  Respondemos: “Sim temos, podemos acampar aqui no seu jardim?”

Tudo o que se passou a seguir dá para mais um capítulo…sentimos que já não éramos viajantes, mas amigos. Ali estávamos nós todos sentados à volta do barbecue, foi-nos oferecido o tal café com que sonhámos quilómetros antes, mas este vinha servido com caramelo e podia-se sentir muito carinho. Pudemos todos juntos contar piadas e sorrir enquanto grelhávamos salchichas no espeto e bebíamos um especial refrigerante de laranja.  A fabulosa luz do dia não iria terminar nunca e já era quase uma da manhã quando com o mesmo sorriso a jovem senhora nos disse: “tenho dois quartos vagos lá em casa, talvez durmam melhor do que na tenda”.

Antes de adormecer confortavelmente na cama, lembrei-me o bom que foi termos recebido aqueles três “nei, nei, nei” antes do ferry, sem eles nunca teríamos conhecido estas simpáticas pessoas que a partir de hoje são também nossos amigos.

[EN] We cycled just around 800m when we saw in a backyard two ladies and three teenagers, sitting close to a small barbecue and a table with some drinks. As we cycle by we wave and decide to ask if they know of a cheap place where we could stay for the night. With a big smile the owner of the house says: “There is nothing cheap here! But do you have a tent?” To which we reply: “We do, can we camp in our garden??”

Everything that comes after is enough for another chapter of the book… we felt we were not travellers anymore, but rather friends. There we were, all seating around the barbecue, drinking the coffee we dreamt of a lot of kilometers before, but this one served with caramel and made with care. We all told funny stories and laughed while we grilled sausages and drank a norwegian orange juice (like fanta, except this one was better). The daylight insisted in staying and it was almost 1am when, with the same big smile, the lady said: “I have two free rooms, you will probably sleep better there than on the tent”.

Before I fell asleep on the comfort of a bed, I remembered how good it ended up being receiveing those three “nei, nei, nei” earlier before the ferry, without them, we would have never met these wonderful people that are our friends from this day on.

IMG_20180510_231844.jpgIMG_20180510_223743.jpg

[PT] Por volta das três horas da manhã o sol parece ganhar força e brilho, a luz forte entra por todo o lado e por muito intenso que tenha sido o dia anterior somos obrigados a saltar cedo da cama. Aqui em Melbu pudemos saborear um delicioso pequeno almoço num café fantástico, servido por uma pessoa ainda mais fantástica com um sorriso muito mais fantástico ainda, chama-se Eleonor e levantou-se às seis da manhã para fazer o excelente pão que nos serviu. Quando viajarem por estes lados, logo a seguir às Lofoten,  é obrigatória a paragem neste local (pontuação de 4,5 em 5 no TripAdvisor)!

[EN] Around 3am is when the sun seem to be stronger and the strong light comes through the windows. As intense as the day before was, we are always forced to wake up early. Here in Melbu we had a delicious breakfast in a warm coffee house, served by a kind person with a beautiful smile, called Eleonor, that wakes up even earlier than us to bake the bread that we had for breakfast and some fantastic cakes. When you visit Lofoten, cross the ferry to Melbu and visit this place, it is totally worth it (4,5 out of 5 on TripAdvisor)!

P5110213.JPGP5110220.JPG

[PT] Lá do outro lado, no nosso lado esquerdo havia uma grande cascata que vinha dar ao lago, uma grande parte dele ainda tinha uma fina camada de gelo.

Do lado direito vimos uma placa que tinha escrito “Catholic Kloster”, como já era tarde decidimos dar meia volta e subir a íngreme rampa em terra que nos levou ao encontro de um convento Cisterciense onde habitam dois frades polacos. Somos aqui muito bem recebidos e lá dentro encontramos em cada uma das capelas a nossa Senhora de Fátima. Para nós é fantástico ver ali parte da nossa cultura e de tão grande valor universal.

Um grande obrigado aos irmãos, vão estar sempre no nosso coração.

[EN] On our way, on our left side we saw a big waterfall that would end up in a lake that was still partly frozen.

On our right side we saw a sign saying “Catholic Kloster” and because it was a bit late we decided to turn right and go up the small uphill that took us to the Cistercian monastery where we met two polish monks. We were kindly welcomed and inside we found in both chapels Our Lady of Fatima. For us it is amazing to see part of our culture there and see that it has such universal value.

A big thank you to the brothers, you’ll be in our hearts.

P5090077.JPGP5100084.JPGP5100085.JPGP5100087.JPG

 

[PT] Andar de bicicleta à chuva até que nem é mau, mas chegar a Bodo e sair de um comboio quentinho para um clima ártico, com tudo molhado e água a cair do céu,  sem ter noção onde vamos terminar o dia nem saber onde vamos dormir, é no mínimo uma sensação muito especial que nos faz dar muito valor às coisinhas mais básicas da vida.

Quando hoje no final de uma centena de quilómetros achámos que era hora de terminar o dia para descansar tivemos uma misteriosa surpresa ao telefonarmos para casa. Apesar de estar frio, estava um suposto fim de tarde soalheiro e do outro lado disseram-nos: “mas são onze da noite, andaram até agora?” …tínhamos galgado o Circulo Polar Ártico, a partir de agora seria sempre de dia…que bom!!

[EN] Cycling with rain is not nice, but arriving to Bodo and leaving the warm train to the arctic climate, with everything wet and constant rain, without knowing where we were going to finish the day and sleep, is a special feeling that makes us give value to the most basic things in life.

When in the end of the day, after hundreds of kilometers, we thought it was time to stop and finally rest, we had a surprise when calling home. Even though it was cold, it was a nice evening and on the other side of the phone we heard “but it’s eleven in the night, what have you been up to until so late?”… we crossed to the arctic circle and from now on we would have daylight for 24 hours… so good!!

P5050073.JPG

[PT] Há muito que ansiávamos atravessar as Lofoten, o dia estava frio mas com sol e lá estávamos nós em Moskenes a iniciar mais uma travessia cheios de curiosidade. Aqui ao lado está a terra com o nome mais pequeno que já alguma vez vimos, chama-se apenas “Å”.

[EN] For a long time we wanted to visit the Lofoten. The day was cold but with sun and there we were in Moskenes, starting a new trip full of curiosity. Here next to us there is a city with the smallest name we have ever seen, it is called “Å”.

P5080017.JPGP5080015.JPG

[PT] Apesar de haver neve nos topos, o tempo estava fabuloso e a cada quilómetro de estrada quase exclusiva para nós a paisagem deixa-nos completamente extasiados com tanta beleza.

[EN] Even though there is snow on the tops, the weather was fabulous and each kilometer of road is almost just for us with a landscape that leaves us completely in love with so much beauty.

P5080025.JPGP5090058.JPGP5100105.JPGP5090073.JPGP5100128.JPGP5100166.JPG

[PT] A cor da água translúcida mudava a cada momento com tons que nunca antes tínhamos visto e com frequência o ar era invadido por um cheiro familiar: bacalhau! Junto à água muito bacalhau a secar pendurado em armações de madeira.

[EN] The blue waters would change for some green tones and then blue again and the air would be frequently invaded by a familiar smell: bacalhau (dry codfish)! By the waters there is a lot of cod hanging an drying on wood structures.

P5090059.JPGP5080027.JPGP5080037.JPGP5080033.JPG

[PT] Rolar nas Lofoten é fantástico, bom tempo e natureza, muita natureza fabulosa!

[EN] Cycling on the Lofoten is amazing, the weather is good and the nature is mindblowing!

P5100120.JPGP5100114.JPGP5100144.JPGP5100160.JPGP5100183.JPG

[PT] Pensámos que o inverno tinha acabado, a questão é que estamos a caminhar para norte, o frio e a neve voltam a estar por todo lado. Voltamos a encontrar-nos com lagos brancos e gelados…

[EN] We thought winter was over but we are heading up north and the cold and the snow are still everywhere. We still see a lot of white and frozen lakes…

P5040034.JPGP5040038.JPGP5040036.JPG

[PT] Continua a ser a logística o nosso maior problema. São por vezes mais de uma centena de quilómetros de floresta e lagos gelados sem ter onde comprar comida. Arrastar a tandem durante uma centena de quilómetros por dia requer muita energia e por isso, onde há comida é sempre a carregar! Mas não são momentos fáceis, aqui é tudo muito caro e sempre que num qualquer supermercado compramos apenas o essencial o nosso pequeno avio fica sempre entre os quarenta e os setenta euros…mas o que podemos fazer? Esta bicicleta não anda se não comer sandes de salmão fumado com pepino!

[EN] All the logistic is still our biggest problem. Sometimes we have hundreds of kilometers of forests and frozen lakes without a place to buy some food. Dragging our tandem for hundreds of kilometers each day asks for a lot of energy, so when we find a place to buy food, then it is time to recharge! But it is not always easy, in Norway everything is expensive and when in a supermarket we buy only the basics, the bill ends up being between fourty and seventy euros… but what can we do? The bicycle can’t go on if we don’t eat salmon sandwiches and cocumber!

P5030024.JPGP5140294.JPGP5100150.JPG

[PT] …depois há os pormenores…o tempo altera num estalar de dedos e o frio está sempre presente! Mas quando chove o dia todo é sempre mais difícil gerir a temperatura: quando subimos ficamos muito quentes mas não podemos tirar os impermeáveis e quando descemos ou paramos para reabastecer energias o suor transforma-se num frio gélido…é um pouco diferente do botão do ar condicionado, o que torna a viagem espectacularmente fabulosa!

[EN] Then there are some details… the weather changes in a snap and the cold is always present! But when it rains all day is always the most difficult times, especially to manage the tempertature of the body: when we go uphill we get too warm but we can’t take the raincoats and when we go down or stop to eat something quick, the sweat gets cold and we start to freeze… it’s a bit different from having air conditioning on the car, but it also makes the trip a whole other experience!

P5030028.JPG

[PT] Hoje depois de mais de oitenta quilómetros de floresta debaixo de uma valente chuvada encontrámos no meio do nada uma enorme casa de madeira com ar de ter sido um antigo restaurante, as luzes estavam acesas, a porta destrancada mas não havia ninguém em casa, o que aqui é habitual. Estávamos gelados e quase no limite de termos de nos socorrer dos nossos aquecedores de emergência quando um carro azul saiu da estrada principal e veio na nossa direção, era uma simpática senhora que nos convidou a entrar e por uns incríveis 20€ pudemos cozinhar e passar uma noite muito confortável com lençóis e tudo!

[EN] Today, after more than eighty kilometers of forest under constant pouring rain, we found in the middle of nowhere a big wooden house that looked like an old restaurant, the lights were open and the door was unlocked, but there was no one at home, which is normal around here. We were freezing and hungry and almost taking out our emergency hand warmers when a blue car left the main road and a nice lady drove in our direction, welcomed us to go inside and for as little as 20 euros we could cook and spend a comfortable night!

 

[PT] O nosso caminho continua com frio, neve, chuva e gelo, num enorme rendilhado de fiordes, lagos e cascatas por todo lado. A nossa máquina voadora tem superado um esforço incrível e continua a passar repentinamente de velocidades máximas estonteantes a roçar os setenta quilómetros hora para uns calmos e demorados seis, sete quilómetros hora…com este clima tão agreste o nosso sistema homeostático também demonstra ser uma fabulosa obra do criador.

[EN] Our way is still cold, with snow and ice and the coast of Norway is an infinite number of islands and fiords and lakes and waterfalls everywhere. Our flying machine has dealt with all the effort and goes from our fastest speed of almost 70 km/h to some really slow and calm speed of 6 or 7 km/h… with this hard climate our homeostatic system is also proving to be an amazing masterpiece of the Creator.

P5040067.JPGP5040054.JPGP5040062.JPGP5040064.JPG

[PT] Muitas sandes de salmão fumado, muitos quilos de manteiga de amendoim e queijo, muitos quilos de bananas e frutos secos, muitos shots de chia, pepinos, tomates, mirtilos e maçãs…e até bolos do pior que há…mas isto não é para contar! São um veneno para o corpo mas uma enorme satisfação para o bem estar do momento.

[EN] A lot of smoked salmon sandwiched, a lot of kilos of peanut butter and cheese, kilos and kilos of bananas and nuts, chia shots, cocumber, tomatoes, blueberries and apples… even cakes that are not at all healthy… These are like a poison for the body but taste so good in the moment.

P5040061.JPG

 

[PT] Durante anos passei horas a planear esta viagem e quando o momento de partir surgiu de surpresa ainda perdi algumas noites a afinar os cerca de quatro mil quilómetros de tracks neste labirinto de fiordes, ilhas, lagos e montanhas aqui na Noruega…antes porque era a neve, agora porque ainda é inverno e alguns ferrys só começam a funcionar a partir de dia 17 de Maio e lá estou eu constantemente a alterar e planear novas rotas neste fabuloso mas emaranhado de caminhos no fim do mundo.

[EN] For years I spent hours planning this trip and when the moment to leave came up by surprise I still spent a few more nights organizing the around four thousand kilometers of tracks in this labirinth of fiords, islands, lakes and mountains that is called Norway… before because of the snow, now because it is still winter and some ferries only start on the 17th of May and there I am again changing and planning new routes heading to the “end of the world”.

 

[PT] Olhei mais uma vez para o nosso cabriolé com dó, é lama desgastante por todo lado e há muito que este nosso veículo não sabe o que é um bom banho. A chuva não despegou, mas o pior inimigo foi o vento. A Gerd Eva disse-nos com tranquilidade: “O tempo vai continuar assim, e este é um caminho longo e muito isolado, deviam voltar atrás virar à esquerda e cinquenta quilómetros depois podem apanhar o comboio para Bodo”, esta é a opção mais sensata!”

…às vezes não é fácil tomar certas decisões, mas lá estávamos nós a ver o mau tempo e quilómetros de floresta, fiordes e lagos através da janela do comboio. Um tipo Norueguês de meia idade veio ter connosco e depois de ter tentado perceber porque estávamos a ir para norte nesta altura do ano falou animado das suas viagens de bicicleta. Pouco depois de se ter afastado voltou a bater-nos no ombro e ofereceu-nos dois fartos wraps que comprou ali no bar ao lado dizendo: “Tomem, eu sei o que é viajar assim!” E afastou-se com ar de quem se sentiu bem com o gesto. Soube-nos muito bem! Um grande obrigado ao amigo desconhecido.

[EN] I looked at our vehicle again almost feeling pain, with mud that wears it out, it definitly doesn’t know what it is to be washed anymore. The rain insists in showing up but our worst enemy is the wind. Gerd Eva told us calmly “the weather is probably gonna stay like this for a while and the way is very long and isolated, you should go back, turn left and some kilometers after you can get the train to Bodo, that is the best option”.

… sometimes it is not easy to make certain decisions but we could see that the bad weather was here to stay and the next kilometers were of forest, fiords and lakes, so we decided to see it all through the train window. A norwegian guy walked in our direction and after asking why we were cycling on this time of the year he told us about his bike trips. After a while after leaving, he came back and gave us two delicious wraps that he bought on the train and said “have this, I know how it is to travel that way!” and he left. We felt happy and it tasted really good! Thank you very much to this stranger that was a friend for us.

 

 

[PT] A nossa passagem por Alesund foi curta mas a capital dos fiordes ficou na nossa memória pela arquitetura e paisagens que a circundam que a tornam tão encantadora. Mais uma vez tivemos a prova de que os Portugueses estão por todo o mundo e inesperadamente encontrámos a Carla, e que bom que é ouvir falar a nossa língua tão longe de casa!

[EN] We were in Alesund for just a short visit but the capital of the fjords will stay on our memory for its arquitecture and surroundings that make it so amazing. Once again we had the proof that Portuguese people are all over the world and unexpectedly we met Carla, and how good it feels to hear our own language so far away from home!

P5020118.JPG

[PT] Noruega é sem dúvida a terra do nosso bem conhecido bacalhau.

[EN] Norway is without a doubt the land of our “bacalhau” (codfish).

P5020119.JPG

[PT] 418 degraus até ao Miradouro de Fjellstua

[EN] 418 steps to the Fjellstua viewpoint

P5020140.JPGP5020130.JPG

[PT] Centro da cidade

[EN] City centre

P5020148.JPG

[PT] A terceira maior cidade do país recebeu-nos com um sol maravilhoso que rapidamente se transformou em nuvens e chuva, o típico tempo Norueguês ao qual já nos vamos habituando. Trondheim é o destino final daqueles que percorrem o caminho de Santo Olav, uma das razões pelas quais a majestosa catedral é uma das principais atrações. Para além disso, Trondheim é uma cidade de estudantes e cheia de vida, tanto de dia como de noite.

[EN] The third biggest city of the country welcomed us with a warm sun that soon became clouds and rain, the typical Norwegian weather to which we are slowly getting used to. Trondheim is the final destination to those who walk the way of Saint Olav, one of the reasons why the majestic cathedral is one of the biggest attractions. Along with that, Trondheim is students’ city full of life, both during the day and the night.

 

[PT] Catedral de Nidarosdomen

[EN] Nidarosdomen Cathedral

P5030011.JPGP5030012.JPG

[PT] Museu do Palácio do Arcebispo

[EN] Archbishop’s Palace Museum

P5030020.JPGP5030017.JPG

[PT] Bergen é conhecida por ser a cidade mais chuvosa do mundo, com mais de 230 dias de chuva por ano. Por sorte chegámos num raro dia de sol mas, quando partimos, a chuva já estava de volta. Apesar de ser uma das maiores cidades da Noruega, Bergen é bastante calma e acolhedora com pessoas sempre prontas a ajudar.

[EN] Bergen is known for being the most rainy city in the world, with more than 230 days of rain per year. Luckily we arrived in a rare sunny day but, when we left, rain was already back. Even though it is one of the biggest cities in Norway, Bergen is pretty calm and warm, with people always ready to help.

P5010061.JPGP4300058.JPGP5010064.JPGP5010073.JPGP5010082.JPGP5010074.JPGP5010076.JPGP5010077.JPG

[PT] Talvez um dos capítulos do meu livro se chame:

A era em que os animais vivem em liberdade em espaços protegidos e o Homem vive condicionado em espaços confinados!

Enquanto visitávamos o interessante mercado do peixe aqui em Bergen deparei-me com mais uma questão interessante da nossa espetacular evolução. Já não faz parte da nossa memória mais recente a forma como o Homem podia livremente satisfazer as suas necessidades mais básicas no seu habitat a que chamamos Terra. Hoje toda a alimentação tem um custo e toda a terra tem um dono, felizmente ainda se pode beber água de forma gratuita em muitos locais, mas até essa necessidade básica começa a ser escassa…no entanto nós continuamos a dar sinais de que somos mesmo muito inteligentes!!! E quando aqui nos mercados do peixe me deparei com vontade de fazer o meu chichi, limitei-me a seguir as indicações que me levaram ao tal local tão desejado na altura. Fiquei mais uma vez fascinado com a nossa espetacular criatividade: um wc moderníssimo em que a única forma da porta se abrir para fazer as tais necessidades básicas que qualquer rena faz livremente quando tem vontade, aqui só será possível a quem tiver cartão de crédito, por acaso nós tínhamos o nosso e o escasso plafon deu para nos aliviarmos , mas se for um indivíduo do tempo das moedas que esteja com uma forte diarreia? Pode ter um grande problema! Aproveitamos aqui para deixar mais uma dica, se vais viajar para uma cidade moderna e és ainda daqueles que não tem cartão de crédito, leva uma fralda!

[EN] Maybe one of the chapters of my book will be:

That time when the animals live in freedom in protected spaces and men live condicioned in confined spaces!

While we were visiting the interesting fish market in Bergen I noticed something about our amazing evolution as humans. It may have left our memory the way men could satisfy his basic necessities on his natural habitat that we call Earth. Today all food has a cost and all land has an owner. Luckily we can still drink water for free in most places, but even that basic need starts to be short… however, we still try to show how inteligent we are!!! When on the fish markets I felt the need to go for my wee, I just followed the signs that lead me to the public toilets. I was amazed by our  criativity: a modern wc in which the only way to open the door and do the business was by sliding the credit card. We had ours and our short plafond allowed me to do my basic necessities but imagine some old school person, with a pocket full of coins but no credit card, with a strong need to go for a poo!? That could be a big problem! So our tip for this is that if you are travelling to a modern city and do not use a credit card, take some diapers!

P5010087.JPGP4300060.JPG

Haukali II

[PT] Provavelmente quase todos os Noruegueses têm uma segunda pequena casa de madeira junto a um lago ou fiorde, chamam-lhe cabin.

[EN] A lot of Norwegian have a second home, a small wooden house usually by a lake or a fjord, they call it hytta.

IMG_5456.JPGP4050205.JPGP4200751.JPG

[PT] Trocámos a tandem por este fabuloso veículo para chegar à nossa encantadora cabine junto ao lago. O local é fantástico, descrever será sempre pouco, só experimentando (AirBnb), apetecia ficar ali sem pensar no tempo!

[EN] To get to our hytta by the lake we exchanged the tandem for this amazing vehicle. The place is wonderful, difficult to describe and a must go (AirBnb), you sure get the feeling of wanting to stay without thinking of the time passing!

P3270254.JPGP3270261.JPGP4010042.JPGP3280276.JPG

[PT] Hoje ao olhar para o lado de fora da nossa cabine parece-nos que é altura de partir finalmente: o lago já há tempo que não está gelado, a erva começou a querer ficar verde e as cascatas de gelo na montanha em frente começaram a ganhar vida.

O duro inverno Escandinavo obrigou-nos a ter a sageza de parar três meses. O primeiro mês no final de Dezembro na Dinamarca, o segundo a norte de Drammen na Noruega e o terceiro a uns cinquenta quilómetros de Stavanguer, em Haukali, na fantástica cabine junto ao lago. Aqui, na hora de voltar à estrada já estávamos com vontade de voltar!

[EN] Today, when looking around our cabin, we feel like it is time to leave: the lake hasn’t been frozen for a long time, the grass started to get green and the waterfalls and the ice on the mountain in front of us started to move.

The hard Scandinavian winter made us stop for three months. The first month in the end of December in Denmark, the second one around Drammen in Norway and the third one around 50km from Stavanger, in Haukali, on the fantastic cabin by the lake. By the time we got back on the road, we were already thinking about going back!

P4190732.JPGP4200733.JPGIMG_5003.JPG

[PT] Às vezes nem tudo corre como gostaríamos e dormir na montanha com temperaturas bastante abaixo de zero estava incluído neste pacote turístico…alguns segundos depois de deitarmos o chá quente no copo, este ficou quase gelado antes de o terminarmos!

[EN] Sometimes things don’t go as we wish and sleeping on the mountain with temperatures below zero was included on our pack… we poured our hot tea on the cup and before we could drink it all, it got cold!

P3300376.JPGP3300378.JPGP3310419.JPG

[PT] Tivemos novamente a melhor surpresa que podíamos ter e como não estávamos longe, voltámos novamente ao Pulpit Rock aproveitando o bom tempo para um descontraído hike.

[EN] We had again the best surprise we could ask for and as we were so close from it, we went back to pulpit rock, enjoying a sunny day perfect for a hike.

P4190647.JPGP4190689.JPGIMG_5136.JPG

 

[PT] Supostamente para terminar o tempo invernal tínhamos um último “break” numa quinta onde previmos ficar duas semanas… mas não, não foram duas semanas, foi pouco mais do dobro, mas no momento da partida o que sentimos foi que gostaríamos de ficar mais tempo juntos.

[EN] To end the winter time we had a last “break” planned, a two-week volunteering on a farm. But no, we did not stay for just two weeks, we ended up staying for a bit more than the double time. When we left, what we felt was that we would like to spend more time together!

 

[PT] Aqui neste recanto fabuloso da Noruega tivemos oportunidade de fazer muitas amizades, de sentir que afinal tínhamos mais uma família que ainda não conhecíamos.

[EN] Here in this amazing corner of Norway we had the opportunity to start new friendships, to feel that we have a new family.

P4290034.JPGP4150494.JPGP4280011.JPGP4120468.JPGP4190726.JPG

[PT] …e estivemos numa festa muito especial, para a qual nos emprestaram roupas a condizer! Pois, porque o nosso roupeiro portátil não comporta disto!

[EN] And we were in a very special birthday party, to which we had to borrow clothes. Yes, because our portable closet can’t carry fancy suits!

P4280002.JPG

[PT] Tivemos também oportunidade de fazer caminhadas.

[EN] We also went for hikes.

P4110338.JPGP4110337.JPGP4100297.JPGP4110405.JPGP3290318.JPGP3290335.JPGP3290313.JPGP3300351.JPG

 

[PT] …andar de barco, de trator, de pick-up, pescar no lago, pôr todos a brincar, dar comida às trinta ovelhas que tiveram crias durante o tempo que ali estivemos e muito mais…

[EN] Go on boat rides, tractor rides, pick up rides, fishing, play with everyone, feeding the thirty sheep that had baby lambs while we were there and a lot of other things…

P3310478.JPGP4010004.JPGP4040189.JPGP3310488.JPG[PT] Os extraordinários dias que passámos com esta fantástica família de quatro gerações vão dar de certeza um capítulo do nosso futuro livro.

 

Já ajeitámos a carga para levarmos todos connosco, depois contamos como conseguimos fazer isto…a única dificuldade é manter a pequena Sophia no lugar, nunca pára!!

[EN] The days we spent with this lovely family of four generations were amazing and will for sure be a chapter on our future book.

We already prepared all our luggage so that we can take them with us, we will tell you later how we did it… the only difficult part is keeping little Sophia on her place, she never stops!!

P4080255.JPGP4010045.JPGP4080252.JPG