Who we are – Quem somos

inglaterra bandera

 

Manuel Marques are his first and last names, but his Aunt Augusta calls him Nelito, his childhood friends call him Machado and Laurinda calls him João. He always thought life is between two points and so, he doesn’t care about his age, one point is gone and what is important is to get to the other one, as young as possible. His primary school teacher used to beat the all class, maybe that is why he spent all the years after that quiet in class but far from there… maybe running far away on a mountain. Today, he has already studied and he likes reading and writing! He jumped from planes, he was an hot air balloon pilot, hangs on ropes and goes down waterfalls with more than two hundred meters, he feels happy when he runs one hundred kilometers up and down the mountains and among the glaciers, he crossed the ocean on a paddle board, went through the mountain range of the Pyrenees on his mountain bike and what he really loves is to cycle as fast as possible on the dirty roads without touching the breaks… he fell a couple times but he feels that is as normal as when he learned how to walk. He believes that walking on the slack line is good for the memory and that days are too short. He says that there are tourists, travelers and adventurers, and he feels he is part of the last ones… oh well, we have to give him a discount. Still, he enjoys a good chat, he likes to think over before talking, he likes the world and people, especially the ones who know how to listen. He argued with Jesus Christ countless times, but it never ended up in anything because the age difference is too big. He would like it if Charles Darwin studied the evolution of species but on intelectual and moral terms, but because he didn’t do it, he is now looking for answers.

Barbara is 21 years old, most of them spent close to the center of Portugal. She is Nelito’s daughter and people say they look alike, but he is bald and she is not. After three years studying at a university in England, came back home saying she wouldn’t eat animals again. Her heart is always with nature, the environment and people… she doesn’t imagine herself wearing pretty high heels, neither sitting for ours on a table drinking beer and even less rock climbing with colorful gel nails. You are more likely to find her somewhere calm with her camera, capturing the sunrise on top of any mountain. There is an nonexistent world, and that is exactly the one she dreams about! A colorful world with healthy food, kind people and pink pigs everywhere… yes, pigs! If you think this is not normal, be careful! She will tell you that pigs are as intelligent as a three-year-old human… what is not normal is that humans eat this so nice creatures.

 

 

bandeira portugal

 

Manuel Marques, são o 1º e último nome, mas a tia Augusta chama-lhe Nelito, os amigos de infância continuam a chamar-lhe Machado e a Laurinda chama-lhe João. Sempre achou que a vida está dentro de dois pontos e por isso não quer saber que idade tem, um ponto já passou e o importante é chegar ao outro quanto mais jovem melhor. O professor da primária arriava na turma toda, talvez fosse por isso que passou os gloriosos anos seguintes muito sossegado nas aulas mas bem distante dali…talvez a correr numa montanha. Hoje já estudou e gosta de ler e escrever! Saltou dos aviões, pilotou balões, pendura-se em cordas e desce cascatas com mais de duzentos metros, fica feliz quando corre uma centena de quilómetros a subir e descer montanhas entre glaciares, atravessou o oceano numa prancha de paddle, percorreu sozinho a cordilheira dos Pirenéus na sua Btt e o que gosta mesmo é de descer a fundo por caminhos de terra sem tocar nos travões…já foi algumas vezes ao tapete, mas acha isso tão normal como quando aprendeu a andar. Acha que fazer slack line é bom para a memória e que os dias são muito curtos. Diz que há turistas, viajantes e aventureiros, sente-se este último…enfim, há que dar um desconto! Ainda assim gosta de uma boa conversa, gosta de refletir antes de falar, gosta do mundo e das pessoas, e aprecia as que sabem escutar. Já discutiu vezes sem conta com Jesus Cristo, mas nunca deu em nada porque a diferença de idades é muito grande. Acha que Charles Darwin também devia ter estudado a evolução das espécies em termos intelectuais e morais, mas como este não o fez, vai ele à procura de respostas.

A Bárbara tem 21 anos, vividos pertinho do centro de Portugal. É filha do Nelito, dizem que é muito parecida com ele, mas ele é careca e ela não. Depois de três anos a estudar em Inglaterra, apareceu em casa a dizer que já não come mais os animais. O seu coração está sempre com a natureza, o ambiente e as pessoas… não se vê assentada nuns sapatos de verniz, nem horas a fio atrás de uma mesa com cervejas, nem tão pouco se imagina a trepar uma rocha nos Alpes com unhas de gel às cores. O mais provável será encontrá-la algures descontraída atrás da sua inseparável máquina fotográfica, captando o nascer do sol numa montanha qualquer. Há um mundo que não existe e é mesmo com este que ela sonha! Um mundo todo às cores com comida saudável, gente simpática com porcos cor de rosa pela mão…sim, porcos! Se acham que isto não é normal, cuidado! Ela irá dizer-vos que os porcos têm a inteligência de um humano de três anos…anormal são os humanos comerem estas criaturas tão simpáticas.